colagem resistente ao calor

BLOG

Como garantir uma colagem resistente ao calor?

Materiais sensíveis ao calor nos setores náutico, automotivo e calçadista necessitam de uma cola adesiva especial de alta resistência. Saiba como garantir uma colagem resistente ao calor!

Com calor intenso, característico do clima brasileiro, não é incomum encostar em objetos e eles estarem muito quentes após ficarem expostos aos raios solares.

Também não é à toa que as vagas de carro mais disputadas nos estacionamentos são aquelas debaixo de alguma árvore ou toldos que façam uma sombra. Mas como nem sempre isso é possível, os veículos e outros produtos precisam ser fabricados considerando essa e outras condições adversas de temperatura.

Em grande parte dos casos, um produto pode acabar recebendo menos atenção, prejudicando a garantia, qualidade e resistência. Esse produto é a cola adesiva.

Neste artigo, confira o que é preciso saber para garantir uma colagem resistente ao calor. Confira:

Colagem e sensibilidade ao calor


A colagem realizada com eficiência é aquela em que há uma sinergia entre técnica adequada, tempo de secagem e utilização do produto correto. Quando se trata de produtos sensíveis ao calor, o cuidado deve ser redobrado, pois o efeito térmico pode causar a reativação da cola adesiva e a temida descolagem.

Como forma de evitar essa situação, antes mesmo de escolher a cola adesiva ideal, é importante observar a utilização do produto. Ele ficará ou não exposto aos efeitos do calor, seja natural ou artificial?

Para considerar esse fator, separamos alguns produtos que utilizam cola e são sensíveis ao calor para que você possa rever se não há necessidade de mudar o tipo de cola usado em sua linha de produção para garantir uma colagem mais resistente ao calor.

colagem resistente ao calor quimicolla

Painéis automotivos:

O painel dos carros, geralmente fabricado com plástico ou borracha, é a parte do veículo que mais fica exposta ao sol e aos efeitos do calor. É muito normal que a cor dessas peças seja preta, o que ajuda ainda mais a reter o calor, por isso há necessidade de utilizar colas que sejam resistentes a altas temperaturas.

Uma descolagem de alguma parte do painel não implicaria apenas um problema estético para o veículo, mas também funcional, pois é possível soltar algumas peças de sustentação ou até mesmo estruturas necessárias para instalação de aparelhos de som, GPS, multimídia e de ar-condicionado.

Forro do teto de carros:

Os tecidos utilizados para forrar o teto dos carros também são fixados com cola. Assim como o painel, a parte externa também fica diretamente exposta ao sol, o que torna o local muito quente. Em relação ao tecido, é importante destacar que a colagem precisa ser perfeita para que o acabamento fique intacto, pois qualquer sinal de descolagem ou falha será facilmente notado pelo usuário do veículo.

Embarcações:

O uso da cola adesiva no setor náutico é muito comum, principalmente para fixação do revestimento emborrachado do chão e para fixação de peças que dão o acabamento às embarcações. Para esses produtos, além do calor, há ainda o agravante da umidade, uma vez que estão o tempo todo na água.

Por isso, a escolha da cola errada pode causar o descolamento do piso emborrachado e resultar em algum acidente para os passageiros, tornando um momento de relaxamento e diversão em dor de cabeça e de risco à segurança. 

Sapatos de segurança:

Quem acompanha o nosso blog já sabe que a cola tem muitas finalidades no ramo calçadista, seja para fins de montagem ou para acabamento. Porém, uma curiosidade é que a cola também é utilizada na fabricação dos calçados de segurança, desses utilizados no dia a dia de trabalho de muitos profissionais.

Alguns deles, como o dos bombeiros, policiais militares, eletricistas e dos trabalhadores de alguns segmentos da indústria, precisam estar adaptados às altas temperaturas, tanto do ponto de vista de estrutura quanto dos produtos utilizados para a sua fabricação.

Como o principal objetivos desses calçados é proporcionar segurança, todo cuidado precisa ser tomado para manter a integridade estrutural das peças, mesmo diante de situações adversas como a de extremo calor, umidade e força.

Cuidados para garantir a colagem resistente ao calor


Como dito anteriormente, a colagem perfeita é a sinergia entre técnica adequada, tempo de secagem e utilização do adesivo correto. Por isso, a melhor forma de não errar na hora de realizar esse processo é escolher uma empresa fornecedora de adesivos que ofereça apoio técnico e estrutura para fazer a escolha adequada.

Como são inúmeras as particularidades de cada produto, o ideal é que o empresário, projetista, comprador ou engenheiro sempre procure apoio técnico da empresa fabricante e distribuidora da cola adesiva, para que seja oferecido o produto que mais atenda às necessidades de cada caso. É com esse trabalho que a Quimicolla vem atuando com seus clientes, os quais ainda podem usufruir de uma estrutura própria para realização de testes em laboratório antes de fechar a compra.

Agende sua visita em nosso Laboratório de Testes!

Por oferecer uma gama ampla de indústrias, a Quimicolla possui produtos diversos para atender as mais variadas necessidades. Pensando em qualidade na colagem resistente ao calor, desenvolvemos o Quimifort, cujas colas são fabricadas à base de policloropreno (CR) ou borracha termoplástica (TR) de excelente desempenho e apresentam alta resistência à hidrólise e ao calor, sendo reativadas entre 65° e 70°C. É um produto altamente recomendável para os segmentos automotivo, calçadista e náutico.

Se você deseja conhecer mais detalhes sobre essa família de produtos e solicitar o contato de um técnico especialista, acesse a página da família Quimifort!

Publicações relacionadas

+55 (48) 3265-4477
+55 (48) 99185-5293
quimicolla@quimicolla.com.br
Rod. SC 410 - KM 17
São João Batista - SC
PRODUTOS POR SEGMENTO