Marcenaria artesanal: tudo o que você precisará para a sua

Saiba quais ferramentas são essenciais para quem está começando na marcenaria artesanal e descubra a importância da cola ideal para a montagem das suas peças.

A marcenaria é uma das profissões mais antigas do mundo e, ao mesmo tempo, nunca sai de moda. O motivo é um tanto óbvio: a sua grande utilidade. Afinal, como você já sabe, a marcenaria consiste na criação de móveis, utensílios e até mesmo casas, tendo a madeira como principal matéria-prima.

É verdade que a marcenaria evoluiu, com empresas fazendo uso da tecnologia para produzir em volumes maiores. Mas isso não freou o crescimento da marcenaria artesanal. Pelo contrário, a tradição ainda se mantém em alta. Inclusive, enquanto muitas pessoas a enxergam apenas como um hobby, outras veem na marcenaria uma ótima oportunidade de negócio.

Mas, como qualquer outro negócio, é preciso estar preparado para começar. E é justamente por essa razão que preparamos esse conteúdo. A seguir, você vai saber tudo o que é preciso para equipar sua oficina e criar sua marca na marcenaria artesanal.

O que você precisa para começar?

A marcenaria artesanal consiste no trabalho com madeira sem máquinas muito sofisticadas. A pessoa que atua dessa forma, geralmente trabalha sozinha e com pequena demanda. Afinal, investe seu tempo para a criação das peças de forma manual, o que torna cada item único.

Mas, o que é necessário para criar a sua marca nesse meio? Primeiramente, é fundamental que o marceneiro seja criativo, tenha delicadeza na hora de realizar os cortes e domine certas habilidades com design de móveis e desenho em perspectiva.

Mesmo que você ainda não tenha esses conhecimentos, não se preocupe. Sempre é possível aprender e existem vários especialistas prontos para te ensinar. Esse é o caso do @madeiraprima, por exemplo.

Mas isso não é tudo! Para criar um negócio de marcenaria artesanal, não podemos deixar de falar do essencial: as ferramentas e equipamentos.

Quais são as ferramentas necessárias?

É claro que para criar e produzir móveis e outros itens, é preciso ter uma oficina equipada. Quando o assunto é marcenaria artesanal, as ferramentas manuais ganham maior foco. Porém, existem também equipamentos elétricos e até mesmo máquinas de pequeno porte que podem ser fundamentais para facilitar o trabalho. Afinal, além de demandarem menor esforço, elas também garantem um resultado de alta qualidade.

Por essa razão, a seguir vamos te dar alguns exemplos de ferramentas manuais fundamentais para uma marcenaria artesanal. Além disso, também vamos apontar ferramentas elétricas e máquinas que podem contribuir para o seu trabalho.

Vale lembrar que os equipamentos a seguir podem ser utilizados em praticamente todas as madeiras, desde as mais rústicas, até as industrializadas, como MDF, compensado, laminados, entre outras.

Ferramentas manuais

  • Martelo;
  • Serras (serrote, serra circular, serra japonesa, entre outras);
  • Grampos para marceneiro;
  • Caixa de ferramentas;
  • Alicates;
  • Esquadro de carpinteiro;
  • Riscadores;
  • Lima;
  • Lixa;
  • Estilete;
  • Martelo de borracha;
  • Brocas;
  • Plaina;
  • Régua;
  • Parafusos;
  • Chaves de fenda;
  • Trena;
  • Formões;
  • Malho ou maço de madeira;

Ferramentas elétricas manuais

  • Nível a laser e manual;
  • Serra tico tico;
  • Lixadeiras;
  • Parafusadeira;
  • Plaina de mão elétrica;
  • Esmerilhadeira;
  • Pinador pneumático;
  • Motosserra elétrica;
  • Furadeira;
  • Tupia de mão;
  • Micro Retífica;
  • Serra circular;
  • Grampeador pneumático.

Máquinas

  • Serra circular de bancada;
  • Serra de esquadria;
  • Serra fita de bancada;
  • Furadeira de bancada;
  • Plaina desengrosso;
  • Tupia de bancada;
  • Máquina de solda;
  • Compressor de ar para acabamento.

Outros materiais

Com pelo menos algumas das ferramentas acima, sua oficina já está pronta para receber projetos que estejam de acordo com suas habilidades e conhecimentos. Mas, não pense que somente isso basta para começar a atuar na marcenaria artesanal.

Existem outros materiais que também são fundamentais para a criação de boas peças. Estamos falando das tintas, vernizes e, principalmente, das colas.

A importância da cola na marcenaria artesanal

A qualidade de uma peça de madeira depende de inúmeros fatores e a aquisição dos produtos certos é um dos principais. Nesse sentido, a escolha da cola adesiva ideal deve ser uma das grandes preocupações de todo marceneiro.

Afinal, existem colas de inúmeros tipos. Algumas possuem secagem rápida, outras alta resistência. Há também aquelas resistentes ao calor, resistentes à umidade, entre outras.

Justamente por causa dessa diversidade, a escolha da cola ideal depende do material a ser colado e da funcionalidade do produto.

Uma cadeira e um sofá, por exemplo, podem demandar diferentes tipos de colas, já que cada um tem suas especificidades. Se você for colar espuma com madeira, por exemplo, vai precisar de uma cola com filme flexível, para evitar deformações e manter a memória da espuma. Nesse caso, o adesivo Quimifort 794 Spray pode ser uma boa opção . Já para colar madeira com madeira, o adesivo  Quimifort Contato Madeira Especial é a melhor pedida.

O mesmo cuidado serve para a restauração de peças. Afinal, a cola é fundamental para a solução de inúmeros problemas que peças de madeira possam apresentar. No vídeo ao lado, você confere como ela pode ser usada para consertar rachaduras, na colagem de peças pequenas, entre outras funções.

Cuidados para evitar a descolagem

Como você já pode imaginar, escolher a cola errada pode causar inúmeros problemas. A descolagem é o mais conhecido, mas não é o único. O uso equivocado de um adesivo também pode causar deformações e prejudicar a durabilidade da peça.

Mas isso não é tudo. Além da escolha da cola, existem outros cuidados fundamentais para evitar a descolagem. Os principais, são:

  • Preparação correta da madeira: é fundamental eliminar qualquer tipo de impureza por meio da lixação ou aspiração.
  • Nível de umidade da madeira: os níveis mais indicados variam entre 7% e 10%. Esse cuidado é importante, pois madeiras mais úmidas podem demandar maior tempo para fixação da cola. Já madeiras secas tendem a absorver a umidade da cola, prejudicando a fixação com o outro substrato, seja ele madeira, tecido ou espuma.
  • Técnica de aplicação: existem diferentes formas de aplicar cola em madeira, sendo o pincel uma das mais utilizadas. Já para aplicação de cola em espumas, materiais sintéticos e até mesmo espuma x madeira, a pistola é mais indicada, pois garante uma distribuição uniforme do adesivo.
  • Tempo de secagem: o tempo de secagem da cola pode variar conforme a temperatura e formulação da cola. Por isso, é fundamental ter o apoio de um técnico especialista.

Como ter certeza de que escolhi a cola certa?

Como você já sabe, existem vários tipos de colas disponíveis no mercado. A Quimicolla, por exemplo, conta com mais de 200 produtos em seu catálogo, sendo que cada um deles é indicado para diferentes necessidades.

Por isso, a melhor forma de se certificar de que você está escolhendo o adesivo correto para a sua peça é contar com a ajuda de especialistas. E é justamente por essa razão que a Quimicolla possui uma equipe de técnicos sempre à postos para sanar suas dúvidas e te ajudar a escolher a cola ideal para as suas criações.

Quer saber mais sobre as opções de colas para marcenaria artesanal da Quimicolla? Clique aqui e converse com um de nossos especialistas.

Para fazer uma compra certa e segura e saber mais detalhes sobre a linha de adesivos para o setor calçadista, clique aqui e entre em contato com a equipe Quimicolla.

Parceria sem descolagem: como fazer uma avaliação de fornecedores na indústria

Descubra quais são os fatores mais importantes na hora de fazer uma avaliação de fornecedores e garanta uma linha de produção mais eficiente.

Aqui tem Quimicolla

Garanta agora sua amostra grátis!
+55 (48) 3265-4477
+55 (48) 99185-5293
quimicolla@quimicolla.com.br
Rod. SC 410 - KM 17
São João Batista - SC
PRODUTOS POR SEGMENTO